domingo, novembro 27, 2005

PORQUE OS BONS BLOGS SÃO ASSIM!!!

Vítor, já nem ao meu eu vou todos os dias, quanto mais ao teu. Mas sempre que posso dou uma espreitadela.
E hoje apetece-me dizer: PORQUE OS BONS BLOGS SÂO ASSIM!!!

quinta-feira, novembro 17, 2005

ESTÁ TUDO DOIDO ???????

Acabo de chegar do trabalho e, como é costume, ao entrar no prédio onde vivo fui ver se tinha correio.
Como é normal, o correio escrito que tinha, além das publicidades do costume, que me entopem a caixa, tinha contas, a da àgua e a da cabovisão.
Vou abrir os envelopes e na da cabovisão, descubro que existe uma nova taxa para pagar. É ela a Taxa Municipal de Direitos de Passagem, à qual me vou referir a partir de agora como a última filhadaputice autárquica.
Descubro por uma carta, dirigida ao estimado cliente, que neste caso sou eu, a explicar que esta filhadaputice autarquica foi criada pela Lei nº5/2004 de 10 de Fevereiro e estabelece que:
"os direitos e os encargos relativos à implantação, à passagem e ao atravessamento de sistemas, equipamentos e demais recurcursos das empresas que oferecem redes e serviços de comunicações electrónicas acessíveis ao público, em local fixo, dos domínios públicos e privados municipais podem dar origem ao estabelecimento de uma taxa municipal de direitos de passagem (TMDP)."
tal, tal, tal,
é aplicado um percentual ao valor facturado, com um máximo de 0,25%.
"o valor cobrado reverte totalmente a favor do Município, estando a Cabovisão, legalmente vinculada a incluir a taxa na factura."

E resumo, para as Camaras Municipais poderem sacar mais guito, para as semvergonhices que fazem, tais como no caso de onde vivo Estádios de futebol.
Há que inventar uma lei, sem ninguém reparar, e obrigar o zé povinho, com televisão por cabo e outro tipo de ligações fixas, a pagar algo mais.
Pois bem eu decidi não pagar, vou apenas pagar o serviço que me é prestado.
Espero que, aqueles que já receberam facturas para pagar que incluam esta taxa, façam o mesmo.
Acho que já chegou a altura de dizer chega.
Já basta a taxa de rádio cobrada na conta da luz.
Já basta a taxa de saneamento que é cobrada na conta da àgua. Que, no caso de Aveiro, mais uma vez é o valor máximo que se pode cobrar, ou seja o valor exactamente igual ao que se consome de àgua.
Chega esta filhadaputice autarquica eu não vou pagar, se quiserem venham prender-me.

segunda-feira, novembro 14, 2005

FRANQUIN - 2 VERTENTES DO MESMO AUTOR

Spirou é o lado colorido de Franquin. A espécie humana é o lado negro do autor. Ideias Negras, um exemplo da expressão mais livre que um autor pode ter.

Image hosted by Photobucket.com

domingo, novembro 13, 2005

THE AMERICAN DREAM - CUBA – XXVIII

Em diversos dias de Agosto de 2005 «Año de la Alternativa Bolivariana para las Américas» - Jogos e desporto em Cuba. Santa Clara, Trinidad, e La Habana.

Image hosted by Photobucket.com
Imagem Ampliada

Eles jogam uma variante de xadrez que habitualmente os nossos "prós" denominam de "partidas rápidas" que duram de 3 a 15 minutos. Lá fora chamam de Blitz Chess.
- Português, eso és más dificil pero mucho más interessante y viciante - diziam.
Ao longo dos 6 dias que passei em Trinidad, lá estavam eles todos os dias e todo o "santo" dia.

quarta-feira, novembro 09, 2005

THE AMERICAN DREAM - CUBA – XXVII

Em diversos dias de Agosto de 2005 «Año de la Alternativa Bolivariana para las Américas» - Jogos e desporto em Cuba. Santa Clara, Trinidad, e La Habana.

Lo ajedrez en la academia y en la calle.

Image hosted by Photobucket.com

1. Imagem Ampliada - Demorei mais de uma hora para tirar esta fotografia. De inicio cada vez que apontava a máquina fotográfica riam-se ou usavam uma expressão demasiado "fotográfica". Decidi vencê-los pelo hábito. Ia-lhes tirando fotografias pausadamente. A dada altura já só pensavam em xadrez ... o momento para atacar. - Academia de Xadrez de Trinidad.

Image hosted by Photobucket.com Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com Image hosted by Photobucket.com


2. Imagem Ampliada - Xadrez na rua - Trinidad.
3. Imagem Ampliada - Academia de Xadrez de Santiago de Cuba.
4. Imagem Ampliada - José Raul Capablanca - - Academia de Xadrez de Santiago de Cuba.
5. Imagem Ampliada - Mas quem é este? - Academia de Xadrez de Santiago de Cuba.
6. Imagem Ampliada [abaixo] - Cronologia dos campeões - Academia de Xadrez de Trinidad.

- Wilhelm Steinitz
- José Raul Capablanca
- Emanuel Lasker
- Alexander Alekhine
- Max Euwe
- Mikhail Botvinnik
- Vassily Smislov
- Mijail Tal

Image hosted by Photobucket.com

- Tigran Petrosian
- Boris Spasski
- Robert Bobby Fischer
- Anatoli Karpov
- Garri Kasparov
- Alexander Khalifman
- Viswanathan Anand
- Ruslan Ponomariov

THE AMERICAN DREAM - CUBA – XXVI

Em diversos dias de Agosto de 2005 «Año de la Alternativa Bolivariana para las Américas» - Jogos e desporto em Cuba. Santa Clara, Trinidad, e La Habana.

Tive muita sorte em ver este par de desafios de voleibol, porque a época regular de várias modalidades encontra-se interrompida.
Gostaria de ver uma partida de beisebol, “pero estaba cerrado”. Coño …
Com a revolução o desporto profissional foi abolido, e neste momento 3 milhões de cubanos participam activamente em modalidades organizadas. O beisebol talvez seja a modalidade que mais mobiliza o país.
Todos os anos há sempre um ou outro jogador que não resiste ao feitiço de contratos milionários, o ultimo caso que me contaram foi José Ariel Contreras, jogador do “Pinar” [Pinar del Rio], que transitou para os New York Yankees pela módica quantia de US$32 milhões. Contudo, também me contaram que muitos resistem ao isco dos contratos milionários e da possibilidade de jogarem nos maiores estádios do mundo, optando pelo seu avultado salário de US$13 mensais [13€ - 2.600$00], tornado as suas metas desportivas ainda mais admiráveis [?!?!?! – para nós um conceito perfeitamente abstrato, não?].

Image hosted by Photobucket.com
Imagem Ampliada

Bem, e fiquei-me pelo domino outra modalidade mobilizadora, é o que se vê por toda a parte, isso mesmo ... pela rua.

TIAGO MONTEIRO & SÓCRATES

Neste prospecto cibernético afirma-se à boca cheia que:

1. Tiago Monteiro já assinou pea Midlands [ex-Jordan] por mais uma época;
2. Os seus dotes técnicos não bastaram para convencer o patrão da Midland para contratar-lo. O dote de US$12 Milhões foi decisivo, ora veja-se, «Tiago Monteiro is going to get the second Jordan seat in F1 next year. The Portuguese driver is rumoured to have around $12m from the Portuguese government via the national petrol company Galp and the Portuguese tourist authority. This is fine as long as the current government, headed by socialist Jose Socrates, remains behind him.

The government was elected in February and immediately agreed to fund Monteiro. However Socrates's desire to restore confidence in the country must also take into account financial realities, not least to keep the national deficit within European limits. The problem is that the Portuguese economy is stagnant and based on traditional industries. Services, particularly tourism, are playing an increasingly important role as the expansion of the European Union has wiped out the advantage that the country previously enjoyed as a supplier of cheap labour in the EU. The government is working to change Portugal's economic development to a model based on private investment and exports and there have been many discussions in recent months of deals in Africa and Latin America.

In the interim, however, Portugal is having to tighten its belt and the government has been trying to soften the blow by selling off stakes in the nation's energy firms, notably Galp. Socrates recently announced cuts in public spending and this has not pleased state employees who are not going to take kindly to seeing government money spent on Grand Prix racing.

Despite this there are reports that the government has agreed to fund Monteiro for another year and that a deal has been signed.»
[Fonte]

segunda-feira, novembro 07, 2005

THE AMERICAN DREAM - CUBA – XXV

Em diversos dias de Agosto de 2005 «Año de la Alternativa Bolivariana para las Américas» - Jogos e desporto em Cuba. Santa Clara, Trinidad, e La Habana.



1. Competição escolar inter-provincial de voleibol. O serviço do jogador da equipa do estado de Santiago de Cuba em Santa-Clara. O movimento é supervisionado pelo "Comandante en Jefe";



2. Selecção nacional cubana de voleibol defronta a de Trinidad & Tobago na "Sala Ramón Fonts" de Havana, na comemoração dos 100 Anos da Federação Cubana de Voleibol. Momento solene, toca o hino.

HINO NACIONAL CUBANO
La Bayamesa
Letra e Música: Pedro Figueredo (1819-1870)
Composição: 1868 Adoção: 1902


Al combate corred Bayameses
Que la patria os contempla orgullosa;
No temáis una muerte gloriosa
Que morir por la patria es vivir.
-
En cadenas vivir es vivir.
En afrenta y oprobio sumido.
Del clarín escuchad el sonido,
¡A las armas valientes corred!

7 DE NOVEMBRO DE 1917

Revolução de Outubro e Bolcheviques.

domingo, novembro 06, 2005

THE AMERICAN DREAM - CUBA – XXIV

No 1º dia de Agosto de 2005 «Año de la Alternativa Bolivariana para las Américas» - Santa Clara.

Este dia foi a pedalar entre a Batalha de Santa-Clara e a visão da Avenida do Papa. Entretanto tomei uma ”pinga” com o meu companheiro Luís. Decidi subir a colina com o meu amigo para ter uma visão panorâmica sobre Santa-Clara e ver a Avenida por onde desfilou a sua Santidade o Papa João Paulo II em Janeiro de 1998. Esta visita marcou o fim das relações tensas entre o estado Cubano e o estado do Vaticano.
E assim o Luís insistiu que fosse na parte de trás da sua bicicleta. Dado a insistência e ao seu profundo estado ébrio, questionei-o porque não ser eu levar a bicicleta. Como eu era a visita ele "não me quis contrariar". Para cima foi penoso, para baixo perigoso. As dificuldades deste exercicio centraram-se essecialmente em três factores, força, equilibrio, e falta de travões da bicicleta de fabrico chinês.


Imagem Ampliada

[…]«La toma de Santa Clara culminaba todo un Plan Operativo perfectamente estudiado por "Che" y sobre el cual se había estado trabajando y llevando a la práctica desde el mismo día en que llegamos al Escambray. Así lo demuestra la destrucción del Puente Falcón, casi un mes antes de la toma de Santa Clara, acción que imposibilita al enemigo maniobrar en la dirección oriental de la provincia y que a la vez permitía ir tomando pueblo por pueblo hasta llegar a aislar a la capital de la provincia del resto de la Isla. Una vez sitiada, ir atacando y tomando los puntos más débiles en la periferia, hasta llegar al cerco del objetivo militar más importante, el Regimiento Núm. 3 GR "Leoncio Vidal".



Con la toma de Santa Clara se obtenía el control político, administrativo y militar de toda la provincia de Las Villas, y todos los traslados de tropas hacia Oriente tenían que hacerse por vía aérea para lo cual harían falta una considerable cantidad de aviones, de los cuales el régimen no disponía.»[…]


Imagem Ampliada

quarta-feira, novembro 02, 2005

LEITURAS I

Caros amigos
Querem saber um bocadinho mais sobre o nosso País ?
Querem saber naquilo em que estamos metidos ?
Então arrisquem vão à livraria mais próxima e comprem os "Contos do Colarinho Branco" de Paulo Morgado, publicado pela D. Quixote.
Divirtam-se ou chorem a ler esta ficção que mais parece a realidade, aprendam a fazer alguns crimes que os podem fazer ricos, ou então não...
Leiam com a máxima atenção o prefácio da Maria José Morgado.
No fim de lerem tudo preocupem-se, pois nestes contos está uma grande parte do nosso País.
Depois revoltem-se, esperneiem, ralhem, indignem-se ou então juntem-se a eles.

Por agora tenho dito