segunda-feira, maio 31, 2004

C'EST FINI

.
Um agente histórico da blogosfera acabou com o seu próprio blogue.

CÁ ESTÁ O QUE É BOM

.
- Glup ... aarrrggghhh ... onomatopeias ... zoinc ... ping ... pong ... vvvvvvrrrrummmmmmm ... iiiiiiiii!!!!!! Atchiiimm, aaarrrggghhh!!!
- Santinho.
- "Obrigados".

domingo, maio 30, 2004

MAIS UMA DICA

.
Também daqui, que por sua vez veio daqui.

PS: 43,5%
PSD: 36,9%
BE: 8,3%
CDU: 5,2%
CDS/PP: 1,5%

Esquerda: 56,9%
Direita: 38,4%

QUEM SE LIXA É O MEXILHÃO

.
Para que a culpa não morra solteira, este é o documentário que reforça a ideia que as práticas em Abu-Ghraib não são isoladas mas, fruto de uma metodologia iniciada no Afeganistão, aperfeiçoada em Guantanamo, e estabelecida no "seu esplendor" no Iraque.

«Panorama: Shamed was broadcast on BBC One on Wednesday, 19 May 2004 at 21:00 BST
A Panorama Special reports on the scale of the abuse and torture of prisoners in Iraq and elsewhere.

Jane Corbin investigates who had command responsibility for American and British forces implicated in this scandal and asks which officers, diplomats and politicians knew what, when.»


Fonte (BBC World). Dica daqui.

sábado, maio 29, 2004

ONU CONDENA, EUA NÃO

.
Logo após o massacre no bairro de Tel Sutan, o Conselho de Segurança (CS) das Nações Unidas aprovou, com 14 votos favoráveis e uma abstenção, uma moção a condenar o bombardeamento israelita e a demolição de habitações na Faixa de Gaza, junto da fronteira com o Egipto.
Posição semelhante assumiram a UE, a Liga dos Países Árabes, o Secretário-Geral da ONU e diversas agências ligadas às Nações Unidas, como o Alto Comissariado para os Direitos Humanos e a UNICEF.
Da parte da administração norte-americana a condenação foi, mais do que tímida, reveladora do compromisso com Sharon e os sectores mais reaccionários da direita israelita.
Em comunicado oficial, o porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, considerou que «Israel tem o direito de se defender», embora tenha lamentado «as operações conduzidas nos últimos dias em Gaza».
Como se tal não bastasse, a abstenção dos EUA no CS foi entendida como uma fuga ao repúdio internacional contra Israel, facto ao qual se juntaram as declarações de Bush a respeito da matéria.
O presidente dos EUA não se demonstrou muito afectado pelas imagens do massacre e afirmou-se mesmo «fortemente comprometido a favor da segurança de Israel».
Ainda assim, um responsável israelita, que foi citado por agências internacionais com reserva de anonimato, declarou-se desiludido com a posição norte-americana e chegou mesmo a classificar a abstenção no CS como uma hipocrisia pois, segundo disse, os EUA conhecem melhor que ninguém a «luta contra o terrorismo» e ninguém apresentou nenhuma resolução quando as cadeias de televisão árabes divulgaram imagens de um bombardeamento a uma festa de casamento no Iraque, donde resultaram igualmente 40 mortos.


Pelo meu amigo JA.

REPUDIO INTERNO

.
Em reacção aos massacres de Tel Sutan, muitas foram as vozes que acusaram Israel de «genocídio» e «crimes de guerra».
As autoridades palestinianas acusaram, por intermédio de Iasser Arafat, Israel de ter levado a cabo uma «carnificina» e decretaram três dias de luto nacional, anúncio ao qual se seguiu uma manifestação de milhares de pessoas em Gaza, determinadas em demonstrar que nem o massacre efectuado horas antes em Rafah lhes foi capaz de vergar o orgulho e a tenacidade em construir uma pátria livre e independente.
No Knesset, o parlamento de Israel, o deputado Taleb al Sanna proferiu a condenação mais controversa ao afirmar que «não é obrigatório ser alemão para ser nazi».
Igual posição tiveram os parlamentares Ahmed Tisbi, Azmi Bichara e Yuli Tamir, que falaram em nome das bancadas da minoria árabe israelita e dos trabalhistas.
Os deputados argumentaram que o primeiro-ministro, Ariel Sharon, o ministro da defesa, Shaul Mofaz, e o chefe do Estado-Maior, Moshe Yaalon, deveriam comparecer perante um tribunal para responderem por crimes de guerra, afirmando ainda que os acontecimentos de Rafah revelam o total fracasso da política para os territórios.
Nem dentro do executivo governamental Sharon se livrou da condenação. Tomi Lapid, líder do partido Shinui e ministro da Justiça do governo de coligação, declarou que as imagens lhe haviam feito lembrar o holocausto, abrindo uma crise política no interior do governo.


Pelo meu amigo JA.

MASSACRE DE RAFAH

.
Enquanto Ariel Sharon encena a retirada da Faixa de Gaza a coberto de um plano apresentado ao governo que lidera, o exército israelita bombardeou uma manifestação pacífica matando pelo menos 24 pessoas.

A política de aniquilação da resistência popular palestiniana perpetrada pelo governo de Israel conheceu, na quarta-feira da semana passada, um dos mais sangrentos episódios.
Depois de nove palestinianos terem sido mortos, de manhã, por atiradores israelitas, em Rafah, o exército bombardeou uma manifestação de palestinianos no bairro de Tel Sultan vitimando 24 pessoas, entre as quais uma dezena de crianças em idade escolar.
Os testemunhos relatam cenas de um autêntico massacre, com centenas de pessoas em fuga acossadas pelas rajadas de metralhadora e pelas bombas lançadas dos helicópteros.
De acordo com fontes hospitalares, os cadáveres resultantes da incursão israelita acumularam-se numa morgue improvisada e nem a capacidade de adaptação dos profissionais conseguiu dar resposta aos inúmeros feridos que chegaram ao hospital de Rafah, localidade depauperada onde habitam cerca de 145 mil pessoas, entre as quais se contam mais de 80 mil refugiados.
Para agravar a situação foram cortados os abastecimentos de água e energia eléctrica e, de acordo com informações divulgadas por organizações humanitárias, as estradas foram bloqueadas e as ambulâncias impedidas de entrar na zona para prestarem assistência aos feridos.
Mesmo depois da chacina, prontamente repudiada pela «comunidade internacional», as tropas de Sharon voltaram a entrar no campo de refugiados, na noite de quarta-feira, numa operação apoiada por carros blindados e aeronaves, saldando-se em pelo menos mais três vítimas mortais, cenário que teve repetições nos dias seguintes.
Só na segunda-feira os militares deram por concluídas as acções de intimidação em larga escala no campo de refugiados de Rafah deixando para trás um balanço de 41 mortos entre os palestinianos, mas as autoridades de Israel vão avisando que este não será o último capítulo de uma história que, desde o início da segunda intifada, em Setembro de 2000, já assassinou mais de três mil civis palestinianos.


Pelo meu amigo JA.

sexta-feira, maio 28, 2004

SERRALVES EM FESTA

.
CONCERTO NO PRADO

05 JUN > 21h30-24h00

Local: Prado

Preço: 7,50€

Lotação Limitada

Três Tristes Tigres

Há já algum tempo afastados dos palcos, os Três Tristes Tigres reúnem-se especialmente para este concerto. O grupo de Ana Deus, Alexandre Soares e Regina Guimarães é responsável por álbuns que pela sua qualidade se inscreveram na história recente da música portuguesa.

Television

A primeira vinda a Portugal de uma das mais importantes e influentes bandas do pré-Punk e da New Wave nova-iorquina dos anos 70. Em 1974, Tom Verlaine, Richard Lloyd, Billy Ficca e Fred Smith formaram os Television. As remasterizações em novas edições ‘deluxe’ dos seus dois álbuns seminais “Marquee Moon” e “Adventure” servem de mote à tournée Europeia que se inicía com este concerto em Serralves.

MÚSICA ELECTRÓNICA: SCANNER e MOUSE ON MARS

06 JUN > 22h00-24h00

Co-comissariado: Roland Speckle

Local: Auditório de Serralves

Lotação Limitada

Scanner – artista britânico Robin Rimbaud - é um engenhoso autor e compositor que capta os ruídos escondidos das metrópoles modernas para criar absorventes paisagens sonoras. Em Serralves, apresenta o projecto “52 Spaces” comissariado pela British School de Roma para o 90º aniversário do realizador Michelangelo Antonioni, em 2002. Para o efeito utiliza excertos do filme “O Eclipse” deste realizador e sons da cidade de Roma.

Mouse On Mars - constituiram-se em 1993, com Andi Toma de Dusseldorf e Jan St. Werner de Colónia, e é hoje considerada uma das mais inovadoras e produtivas no âmbito da música popular de cariz mais electrónico, com um pé no experimentalismo mais radical e outro no encanto intemporal da ‘pop’. O concerto será acompanhado pelo trabalho em vídeo da artista Rosa Barba.

TENNIS SHOE PARTY

TREVOR JACKSON (DJ - Playground/Output Records)

TRA$H CONVERTERS (DJ)

PLAZA (live showcase especial)

DARIO OLIVEIRA e JOÃO ABRUNHOSA (projecções vídeo)


06 JUN > 00h00-05h00

Local: Ténis do Parque de Serralves

Lotação limitada

A abertura da festa estará a cargo dos Trash Converters de Miguel Sá e Fernando Fadigas, dois dos rostos mais antigos na divulgação das correntes alternativas da música electrónica, seguindo-se o músico e designer gráfico Trevor Jackson, responsável pelo aclamado projecto Playgroup, pelo grupo de hip hop The Brotherhood e pelas remisturas sob a designação The Underdog. Jackson realizou também várias compilações para a reputada série DJ Kicks. Já os Plaza são herdeiros do melhor som ‘indie’ electrónico, retro-futurista, reunindo os irmãos Praça (Turbo Junkies, Grace) com a energia científica da electrónica de Quico Serrano, com um sólido percurso em diversos projectos nacionais.

FUTEBOL E ARTE

.
Instituto das Artes promove “Arte em Campo”, um projecto que percorrerá Portugal

Dois temas tão distintos como Futebol e Arte, vão estar unidos para dar início ao projecto “Arte em Campo”.
O objectivo do evento é, além de estabelecer uma relação entre a cultura e o Euro 2004, aproveitar o oportunidade para através dos turistas, que se estimam em cerca de um milhão e cem mil, divulgar a vertente artística e cultural do nosso país.

Junho, Julho e Agosto, serão os meses em que as exposições irão percorrer o país, estando a apresentação ao público marcada para a próxima segunda-feira (dia 31 de Maio), às 16 horas, no Estádio Nacional, em Lisboa.

A iniciativa, que será apresentada em suportes como fotografia, cinema, teatro, artes plásticas, arquitectura, entre outros, terá “maior incidência nas cidades anfitriãs do evento”, conforme comunicou o Instituto das Artes.

Para o ministro da cultura, Pedro Roseta, descentralizar e captar novos públicos, são também dois objectivos das exposições, que contam com 22 projectos.

Visitem também este blog!

quarta-feira, maio 26, 2004

ATÉ PARECE FÁCIL !!!

.
Eles JOGAM, eles MARCAM, eles VENCEM !
Os meus sinceros parabéns a todos os portistas e aqueles, como eu, que não o sendo, não ficaram indiferentes a tão notável feito.

RUMSFELD PROÍBE TELEMÓVEIS COM CÂMARA DIGITAL NO IRAQUE

.
Vejam aqui...

terça-feira, maio 25, 2004

ABU-GHA...IB, ABU-GRA...HAB

.
A prisão de Abu-Ghraib vai ser demolida porque George W. Bush não atina com a merda do nome.

JÁ SÃO MUITOS PARES

.


«Botas lembram soldados mortos no Iraque
Uma exposição de botas relembra os soldados norte-americanos que morreram no Iraque. As botas pertenceram às vítimas e estão actualmente nos jardins em frente do Capitólio, em Washington.»
(Fonte:TSF)

segunda-feira, maio 24, 2004

O ZÉ MANEL, NERVOSO

.
O Zé Manel anda extremamente sensível com os preparativos para o Euro, e já berrou ao PCP «Meus meninos vocês portem-se bem, ahn? Olhem que eu dou-vos tau-tau, vocês estão a dar cabo da segurança do país».
«Zé Manel, tu és um grande mentiroso», responde Carvalhas.

A COMUNIDADE DO SOFTWARE LIVRE (03 - conclusão)

.
Alguns, de língua mais afiada, e prontos a defender o capitalismo económico indefensável, diriam logo que o Software Livre não dá qualquer garantia e suporte...
Seria de facto muito interessante se quando se «adquire» um software proprietário se tivesse a paciência para ler o EULA (End User Licence Agreement), aquele contrato enorme que aparece na instalação de um software e ninguém lê. Acabaríamos por descobrir coisas muito interessantes como por exemplo: o que se acabou de adquirir não foi o software, mas sim o direito intransmissível de o usar (o que significa que lá em casa só o leitor o pode utilizar), ou que não têm qualquer garantia sobre danos causados pelo software ou corrupção de dados... Enfim, os nossos direitos não se tornam mais pelo facto de termos pago uma licença de utilização. Penso também que é umas das razões para o facto de existir tanta «pirataria».
Outro mito que as empresas monopolistas e os lacaios do poder instituído tentam fazer passar é de que não há documentação... Nada mais errado. O GNU/Linux nasceu na Internet e por isso, nesse meio é mais fácil «esbarrar» com documentação sobre GNU/Linux do que sobre outro sistema operativo qualquer. Um site de referência é o «The Linux Documentation Project» (em www.tldp.org ou em www.linux.org/docs ). À parte isso todas as aplicações vêm documentadas. Existem pessoas ligadas ao movimento GNU, muito empenhadas em fornecer o máximo de informação simples aos utilizadores normais e avançados.
Mas no fundo quantos somos nós, os utilizadores deste Sistema Operativo?
Estima-se que esteja na casa dos oito milhões, segundo as estatísticas e o contador em counter.li.org – um contador criado por Harald T. Alvestrand que, a 30 de Setembro de 1993, decidiu dar início a esta árdua tarefa de contar... Bom trabalho, Harald! Já agora convido o leitor, se é utilizador, a dar uma mãozinha e a contabilizar-se no site, caso resolva saltar para a Liberdade Informática utilizando Software Livre.


Pour mon amie JA.

domingo, maio 23, 2004

ESSA AGORA!!!!

.
Não basta ser incompetente, ainda tem mau feitio. Assim não há Zé Manel que aguente.

DR. JECKYLL AND MR. HIDE

.
Se por um lado liberaliza-se por outro solidariza-se. Em época de eleições, é preciso ser-se exímio nestes jogos de cintura - em Ovar.

Segundo noticia o «JN» de hoje, a suspensão dos contratos de trabalho levada a cabo pela administração da Universal Motors, pode estar ferida de ilegalidade.
Entretanto, o PSD mostrou-se solidário com operários Universal Motors exige e respeito pelos direitos laborais.
Segundo o delegado sindical António Vinhas, a administração alega que a falta de matéria-prima não permite manter a laboração.
A comitiva do PSD de Ovar que se deslocou às instalações da empresa, expressou «a sua total solidariedade aos funcionários», considerando que a situação «pouco clara da Universal Motors comporta um grave prejuízo», sobretudo ao nível social, exigindo «a total transparência do processo e o sério envolvimento de todas as entidades, para que o problema - e a preocupação legítima dos trabalhadores - possa ter rápidas respostas».
(Fonte: Noticias de Ovar)

A COMUNIDADE DO SOFTWARE LIVRE (02)

.
O sistema GNU/Linux é de momento o expoente máximo disto e bate todos os sistemas operativos proprietários no que toca á fiabilidade, uptime, escalabilidade, segurança (imune a vírus, por exemplo), gestão de memória e processador e, mais recentemente, um uso fácil e prático.
No entanto importa explicar que o termo «Software livre» não é uma questão de preço, mas sim uma questão de liberdade de expressão. No site da GNU dizem mesmo que não devemos pensar neste tipo de software como se fosse «cerveja grátis». Ao invés deve o utilizador/leitor deste artigo pensar que ideologicamente é uma questão de liberdade para poder executar o programa para qualquer propósito, liberdade de estudar como ele funciona e adaptá-lo às suas necessidades (por isso o acesso ao código é tão importante), liberdade de redistribuir cópias e liberdade de publicar as modificações que efectuou.
«Software Livre» não significa «não-comercial». Um programa livre deve estar disponível para uso comercial, desenvolvimento comercial, e distribuição comercial. O desenvolvimento comercial de software livre não é incomum; tal software livre comercial também é muito importante.


Pelo meu amigo JA.

sábado, maio 22, 2004

JUSTIFICAÇÃO DE FALTA

.
O Verão parece ter chegado mais cedo e, com ele, o "entorpecimento criativo" das recentes edições discográficas. O aumento das temperaturas do ar destes últimos dias não teve um acompanhamento recíproco no aumento da qualidade das mais recentes obras que me passaram pelo "sonoro" cá de casa. Não nos deixemos abater porém que aí estão grandes empreendimentos festivaleiros e não só que nos devem deixar a nós, amantes da boa música, de água na boca. Assim, e depois de uma semana em cheio com Múm e Elvis Costello ao vivo (e á borla, graças ao Miguel) acabámos a quinzena com mais um excelente concerto dos Mão Morta no Rivoli a apresentar aquela obra sublime que é o "Nus", eis que nos chegaram já confirmações de novos eventos que vão decerto merecer atenção deste vosso humilde servo: Television na Fundação de Serralves a 5 de Junho e a cantora, meio mexicana meio americana, Lhasa de Sela que vai passar por Aveiro (Teatro Aveirense,9 de Julho e nos Jardins do Palácio de Cristal a 10) são os mais aguardados. Os Television de Tom Verlaine fazem de Portugal o ponto de partida para uma digressão mundial e actuam no aniversário da Fundação de Serralves e eu , ou muito me engano, penso que aquilo vai ser o "fim-do-mundo" mas prontos! Boa notícia também foi a mudança do festival de Lisboa para o festival do...Dragão (é verdade!). Aí vamos poder apreciar o Bowie, o Iggy com os Stooges, os Charlatans, os Darkness e ainda os Deep Purple, só pra citar alguns. Ah, já me esquecia, para os mais selectos há Jazz em Matosinhos e quem quiser uns bilhetes que diga!!!

Últimos discos que ouví e que não me provocaram palpitações nem nenhuma outra sensação por aí além (e por isso não têm direito a foto):

Múm - Summer Make Good
Morrissey - You Are The Quarry
Radiohead - Com Lag
A Naifa - Canções Subterrâneas
Vários - 100 Anos de Fado (do Público).

Estou a ouvir o "Exílio" pelo Quinteto Tati neste momento.

Bem Hajam.

BEM FEITO!

.
Well done Michael!

A VIDA SOVIÉTICA

.
Para quem ainda não deu por ela o blogue Abre-Latas tem 8 blogues satélite. 4 dos quais relacionados com a experiência do autor na Ex.-U.R.S.S.. Já lá não ia há bastante tempo porque a actualização é lenta. Segundo autor o número de visitas não têm estimulado a escrita.
Da minha parte posso apenas informar que as poucas incursões que tenho feito a estes blogues devem-se apenas à falta de permanente actualização. Embora, eu já tenha passado pela idade da inocência, e apesar do autor tentar dar uma perspectiva equidistante na realidade Soviética, do meu ponto de vista estas crónicas tendem mais para expor os defeitos do regime do que o contrário.
Para concluir, resta-me dizer que bem ou mal eu gosto de ler coisas sobre esse passado, e sinto uma forte sedução por estórias contadas na primeira pessoa daquele daquela época, daquele país. Por isso, peço ao Linx o favor de abri o espaço, A VIDA SOVIÉTICA NA PRIMEIRA PESSOA, que inclua o:

-Homo-Sovieticus;
-Alma-Mater;
-Alma-Mundi;
-Alma-Lusa.

Gostava muito que este post fosse um incentivo para que o artista continue a sua obra.

A COMUNIDADE DO SOFTWARE LIVRE (01)

.
O Software Livre, já abordado em anterior artigo, que pode, hoje em dia, ser utilizado, modificado e partilhado de uma forma directa e sem qualquer tipo de entraves, teve uma génese teórica/filosófica muito anterior ao aparecimento do primeiro núcleo de Linux (1991).
Estamos a falar da comunidade GNU, que partiu em 1984, inicialmente nas ideias de Richard Stallman, para a aventura, em busca do gosto informático hà muito perdido. Sem querer criar uma indústria de comercialização de software acabou por criar uma gigantesca plataforma de trabalho que engloba tudo o que é necessário para uma grande empresa, bem como o cidadão comum, poderem funcionar com um PC em total legalidade e sem restrições de liberdade. Programas de Manipulação de Imagem, Edição de Vídeo, Cad, Multimédia, Folhas de Cálculo, Edição Web, Servidores de Web, E-mail, Sql, Dhcp, Samba, programação em qualquer linguagem, reconhecimento de todos os tipos de partições (e a lista parece não acabar... Ver aqui).


Pelo meu amigo JA.

ONTEM...

.
...hoje e sempre seremos republicanos Espanhóis.

«Comunistas, feministas, ecologistas e republicanos formam o "Movimento popular contra o casamento real", que marcou já dois desfiles de protesto em Madrid. Amanhã, às 20.00 locais, a dezena de organizações que compõem este grupo desfilarão a partir das Portas do Sol, no centro da cidade. A contestação do que consideram ser um "espectáculo grotesco" e um "desperdício de dinheiro" continuará no dia da cerimónia religiosa: às 12.00 locais, os manifestantes iniciarão um novo desfile "com música", em torno da praça 2 de Maio. Ao mesmo tempo que decorrerá o banquete nupcial, os protestantes estarão reunidos num "banquete republicano", em Rivas Vaciamadrid, nos arredores da capital espanhola.»

Gamei esta notícia aqui.

sexta-feira, maio 21, 2004

A EVOLUÇÃO DO OLHAR

.
A noção que temos hoje de imagem esteticamente bela ou de representação fiel à realidade regista diversas mudanças, quando comparada com a do século XIV.
Para isso basta pensarmos no hieratismo (ordem decrescente, do mais para o menos sagrado) nas figuras estáticas, na frontalidade, na isocefalia (representação de todas as cabeças com o mesmo tamanho), na isodactilia (dedos com o mesmo tamanho), no fundo chapado e, a maior parte das vezes dourado, ou nas expressões invariáveis...

Esta representação era simbólica e ilustra a forma da comunicação visual da época. Não era mais ou menos correcta que as representações dos dias de hoje, apenas diferente.

Da mesma forma que este código é para nós talvez um pouco ridículo, também naquela época seria difícil a interpretação de uma das nossas fotografias. São códigos culturais diferentes, e nenhuma das duas épocas valoriza a outra como capaz de fazer uma reprodução realista.

quinta-feira, maio 20, 2004

SPAM

.
Sou empresária
Vivo sózinha no Norte
Tenho fantasia para realizar
Quero me sentir puta e ser paga para ter sexo
Tambem aceito mulheres que tenham a fantasia de pagar para ter sexo
sou bisexual.
Meu telefone: 968813471
Minimo aceitavel: 50,00 euros

Ver Fotos

Esta mensagem está de acordo com a legislação Europeia sobre o envio de mensagens comerciais:
Qualquer mensagem deverá estar claramente identificada com os dados do emissor
e deverá proporcionar ao receptor a hipótese de ser removido da lista.
Para ser removido da lista, basta que me responda a esta mensagem colocando a
palavra "Remover" no assunto.
(Directiva 2000/31/CE do Parlamento Europeu; Relatório A5-0270/2001 do Parlamento Europeu).



A Carla [energetica@portugalmail.pt] escreveu-me. Fiquei sensibilizado. Não sou do género de divulgar missivas de índole pessoal, mas, para ti, Carla... abro uma excepção!
Sei bem que a solidão apavora, e não sou indiferente aos teus apelos. Quero ajudar a realizar a tua fantasia. O facto de seres “empresária” complica a situação, porque te cobre com uma capa de: “mulher de sucesso, procura homem ideal para relacionamento sério”, e depois só te aparece malta chata do género casamenteiro a atrapalhar a realização do teu sonho. Já a virtude da bissexualidade poderá ser um factor decisivo uma vez que estatisticamente as tuas possibilidades duplicam. O que me preocupa no meio de tudo isto é o teu interesse por legislação e o teu “Know-How” acerca da novas Tecnologias da Informação. Elevaste o Standart! Se isto continua assim qualquer dia temos uma Licenciatura em Putedo!

quarta-feira, maio 19, 2004

PEDAÇO DE HISTÓRIA

.


Um pedaço da minha história. R5 GTL, 1984 - 2004.

Hoje o motor de arranque pôs a máquina a trabalhar e fez-lo subir rampa acima pela última vez.

É BOM?

.
istOébOmÓlhÓrebÓque?

UM ANITO

.
Este não foi o único culpado. É escandalosa a ligeireza da sua pena, mais mais escadaloso será se o caso não subir na hierarquia.

O MEU 11

.
Ontem o nosso selecionador convocou os 23 para o Europeu. Já falei com ele e dei-lhe o MEU 11:

Guarda-Redes: Moreira (Ricardo nah, Quim nah);

Defesa: Rui Jorge, Ricardo Carvalho, Jorge Andrade, Paulo Ferreira;

Meio Campo: Costinha, Maniche, Deco;

Ataque: Figo, Pauleta, Simão.

terça-feira, maio 18, 2004

A PASSAR DAS MARCAS (9)

.


Fotografia de Tim Flach

Esta sequência de posts foi proposta pelo meu amigo JA que me vem fazer uma visita todas as Quintas-Feiras.
«Só se usares esta fotografia do Tim Flach» retorqui.
«OK» Respondeu JA no mesmo instante.

Por Alvega

A PASSAR DAS MARCAS (8)

.


Fotografia de Tim Flach

O candidato democrata à Casa Branca, John Kerry, deixou claro que a distância que o separa de Bush não é tanta como pretende fazer crer. Confrontado com o escândalo que envergonha os EUA, Kerry exprimiu o seu «mal estar pelo tratamento vergonhoso dos prisioneiros iraquianos», mas sublinhou que os norte-americanos não podem permitir «que as acções de uns poucos ensombrem o tremendo e bom trabalho que milhares de soldados estão a fazer no Iraque e em outros lugares do mundo».

Por JA

A PASSAR DAS MARCAS (7)

.


Fotografia de Tim Flach

Em carta enviada à administração Bush, o director executivo da HRW, Kenneth Roth, afirma que o comportamento despudorado dos soldados em Abu Gharib, aliado com informações de outros abusos cometidos por militares dos EUA no Afeganistão, «sugere um problema muita mais amplo que deve ser abordado».
A HRW lembra ainda que, até agora, o Pentágono ignorou as suas denúncias de abusos cometidos no Afeganistão, entre os quais se contam a tortura do sono, espancamentos, Por JA.
exposição a temperaturas extremas e pelo menos duas mortes sob custódia.
A verdade é que a Casa Branca fez o possível para evitar que a denúncia das torturas chegasse ao conhecimento público. O próprio general Richard Myers reconheceu a semana passada que tentou convencer a estação televisiva CBS a não divulgar as imagens da vergonha que deram a volta ao mundo, a pretexto de que fariam aumentar a tensão no Iraque, enquanto o general Mark Kimmit, um dos comandantes norte-americanos no Iraque, recomendava que a tónica deveria ser posta na «conduta individual» dos implicados nos abusos.


Por JA

A PASSAR DAS MARCAS (6)

.


Fotografia de Tim Flach

Embora não afirmando que a tortura é parte integrante da política norte-americana no Iraque, Toupin não hesita em declarar que «este abuso sistemático dos presos foi realizado intencionalmente por vários membros da força da guarda da polícia militar», garantindo que «as acusações de abuso foram sustentadas com declarações detalhadas de testemunhas e pela descoberta de provas fotográficas».

Por JA

A PASSAR DAS MARCAS (5)

.


Fotografia de Tim Flach

Também a especialista para o Iraque da Amnistia Internacional/EUA, Beth Ann Toupin, confirmou em entrevista ao jornal La Jornada que houve «desde o início da guerra um fluxo contínuo de informações sobre os maus tratos e torturas infligidos pelas (forças) dos EUA e do Reino Unido».

Por JA.

A PASSAR DAS MARCAS (4)

.


Fotografia de Tim Flach

Mas isto não é tudo. Ainda na semana passada, novos dados vindos a público revelavam a dimensão da tragédia que está a acontecer no Iraque. Um relatório do próprio Ministério da Saúde iraquiano, divulgado pela clandestina Voz do Iraque Livre, reconhece que cerca de 5000 iraquianos ficaram feridos nas operações de punição levadas a cabo durante o mês de Abril por militares norte-americanos e franco-atiradores, apoiados por meios aéreos, designadamente em Fallujah e Najaf.
Quanto ao número de mortos, ultrapassa largamente o milhar: 323 em Al Anbar, cidade próxima de Fallujah; mais de 600 em Fallujah; 43 em Al Qaim, na fronteira com a Síria; 246 em Bagdad; 53 em Najaf; mais de uma centena em Basora; 53 em Nasiriya.
Entretanto, a 5 de Maio, a escassos dois meses da alegada «entrega de poder» aos iraquianos, a administração Bush pediu ao Congresso mais 25 mil milhões de dólares para o esforço de guerra no Iraque (a que já foram atribuídos 120 mil milhões de dólares) e no Afeganistão.


Por JA

A PASSAR DAS MARCAS (3)

.


Fotografia de Tim Flach

Em meados da semana passada, a televisão francesa Canal Plus, na emissão «Merçi pour l’info» (Obrigado pela informação), revelou um vídeo onde se vê três civis iraquianos a serem assassinados por um helicóptero norte-americano. Uma vítimas não morre de imediato, mas os «bons rapazes» estão atentos.
«Está ferido», avisa um dos soldados ao oficial. «Dispara. Dispara ao camião e a ele», responde o superior.
A gravação tem três minutos e meio e, segundo os responsáveis do programa, foi obtido «através de pessoal europeu contratado pelo Exército dos EUA». A gravação tem a data de 1 de Dezembro de 2003.


Por JA.

A PASSAR DAS MARCAS (2)

.


Fotografia de Tim Flach

«Antes costumávamos chamar a Saddam “o Hitler do Iraque”. Mas não era Hitler um dos “nossos”, um ocidental, um cidadão pertencente à “nossa” cultura? Se pôde matar seis milhões de judeus – o que efectivamente fez –, por que havemos de estranhar que os “nossos” possam tratar os iraquianos como animais? A semana passada chegaram as fotografias para demonstrar que podemos». - Robert Fisk

Por JA.

A PASSAR DAS MARCAS (1)

.


Fotografia de Tim Flach

«Interrogo-me se o aparecimento destas fotos não marcou o fim do jogo para os EUA no Iraque. (...) É realista, depois do sangrento assalto de Fallujah e do levantamento xiita no princípio de Abril, e à luz dessas revelações, pensar que os EUA podem ainda conquistar os corações e as mentes do público árabe iraquiano?» – Juan Cole, da Universidade de Michigan.

Por JA.

segunda-feira, maio 17, 2004

PREOCUPAM-ME…

.
…duas coisas.
A primeira, é o facto de nos filmes do Rambo apenas os Soviéticos serem capazes de torturar, mas na realidade o Império do Bem também o é. Pelo Cruzes segui para o New Yorker, o qual implica directamente o “Dónaldo” pelas torturas de Abu-Ghraib.
A segunda, porque o Manuel do Cruzes vai-se pôr a andar da blogosfera. Bem, embora tivesse uns tiques burgueses era o rapaz que mais escrevia. Esperemos que este não seja o augúrio do fim do Cruzes. Felicidades Manuel.

domingo, maio 16, 2004

TAÇA DE PORTUGAL 2003/2004 - BENFICA

.
S.L. Benfica 2 - 1 F.C. Porto

MINÚCIA

.


Fotografia do Blogue Empty Pictures.

Vai-se jogar a final da Taça de Portugal de 2004. Cabe à TVI cobrir o acontecimento. No “Telejornal da uma da tarde” a TVI colocou um repórter no centro das 4 linhas, que apalpou o relvado e disse, «a relva está fofa e curta, tal como os artistas gostam». Com este nível de argumentação é difícil tirar os olhos para da TV!i!i!i.

"Bichanices" das TV's à parte, resta-me desejar muita sorte, uma grande exibição, e que essa exibição se traduza numa arrebatadora vitória do S.L. e Benfica sobre o FCP.

IAN KEVIN CURTIS - IN MEMORIAM

.


16/05/1980 - 16/05/2004

SOMETHING MUST BREAK

Two ways to choose
On a razors edge
Remain behind
Go straight ahead
Room full of people, room for just one
If I can't break out now, the time just won't come
Two ways to choose
Which way to go
Decide for me
Please let me know
looked in the mirror, saw I was wrong
If I could get back to where I belong, where I belong
To ways to choose
Which way to go
Had thoughts for one
Designs for both
But we were immortal, we were not there
Washed up on the beaches, struggling for air
I see your face still in my window
Torment yet calms, won't set me free
Something must break now
This life isn't mine
Something must break now
Wait for the time
Something must break

sábado, maio 15, 2004

sexta-feira, maio 14, 2004

NOSSAS NOVAS (2)

.
Também já temos ligação com o blogue: Notícias de Ovar. Só um conselho ao NdO, mantém os posts mais tempo na página principal.

quinta-feira, maio 13, 2004

NOSSAS NOVAS (1)

.
Foi aberta uma nova área no nosso blogue. Chama-se “Noisy Weblogs”, área essa que compreende sobretudo blogues do foro musical. Este trabalho é da autoria do tripulante do Nelsu, ladies and gentlemen: Ó-lhÓ-re-bÓ-queeeeeeeeeeeeeeee. (aplausos: blac, blac, blac, blac, blac, blac, blac, blac, blac, blac, blac, blac, ovação).

Também temos mais uma ligação. Finalmente o “Stôr” AdC achou que merecíamos constar no seu blogue, mas…já nos avisou ÓlharespOnsabilidade.

OS BLOGUES SÃO ALUCINOGÉNIOS

.
Civil Norte-Americano morto por grupo ligado à Al'Qaeda.

E depois já andam p'áí uns gajos a inventar. Mas que chatice, pá!!

«Revolting millions around the world, the video footage of an American citizen's execution has also raised numerous questions concerning its authenticity.(...)
(...) Some discussions focus on the timing of the video's release - guaranteed to divert attention from the outrage regarding US torture of Iraqis.»


Conclusão: os blogues são alucinogénios, não?

OLÁ...

.
...dONALDO (Ena Pá 2000).

SO...

.
...long Marianne (Leonard Cohen).

EVEN...

.
...better than the real thing (U2).

APARECEU BRILHANDO

.
A 13 de Maio
Na Cova de Eiria
Apareceu brilhando
A Virgem Maria

Não é uma letra dos Xutos & Pontapés mas também a usaram numa música que já não me lembro. Alguém pode trazer-me à memória qual o nome da música e do álbum?

O "CANTE" ITALIANO

.




IL CANTO DI MALAVITA - LA MUSICA DELLA MAFIA VOLS. 1 e 2
EDEL

Foi á pouco tempo editado entre nós pela Edel, o segundo volume desta colectânea de canções da Máfia Calabresa. De raíz popular, estas canções tradicionais falam dos códigos sagrados das gentes da "Ndrangheta" : "Onori", "Sangue" e "Omertá". São canções proíbidas onde, geralmente, os cantores ou afirmam a sua inocência ou glorificam os crimes que cometeram. De entre estes, destaca-se a história de Francesco "Ciccio" Scarpelli, Fred Scotti de seu nome artístico, o único que actuava publicamente, morto a tiro em Abril de 1971 por se ter aproximado da mulher de um mafioso. Integrando-se na tradição folk mediterrânica, aqui podemos escutar baladas Napolitanas, tarantelas e também traços de uma certa música Ibérica, muito popular nas inúmeras festas e romarias da Calábria, sul de Itália, uma das mais pobres do país. Além da música, esta antologia contém também alguns testemunhos falados ("parlato") que nos permitem conhecer melhor aspectos da cultura mafiosa. Algumas destas canções nunca foram gravadas antes e o lançamento desta obra provocou alguma celeuma em toda a Itália tendo mesmo sido banida. Uma edição arrojada e um documento precioso digno de registo.

quarta-feira, maio 12, 2004

GOSTO DESTE eco-LATIFUNDIÁRIO

.
Pela primeira vez na vida gostei da ideia de latifundiário. Obrigado pela dica Tche.

SOBERBO

.
As congratulações pelo magnífico trabalho de Donald Rumsfelt. That's it, superb job.

segunda-feira, maio 10, 2004

DO RUANDA A ABU GHRAIB

.
«In Rwanda, for 100 days people were being killed at the rate of about 8000 a day, and we did nothing. Fast forward to today. In Africa, about 10,000 children a day are dying from easily treatable diseases, and we are doing nothing to save them.(...)
(...)That's carrying socioeconomic lunacy beyond the bounds that even the craziest maniac could imagine? But we do nothing.(...)
(...) So what was learned from Rwanda. And why isn't it a story? I think the reason is clear. It's too hard to look into the mirror. In the case of Abu Ghraib, we can say someone else is responsible.»

O sarcasmo puro e duro.(Noam Chomsky)

FERNANDO ALVIM, O CROMO

.
Fernando Alvim no esplendor do seu atraso mental perguntou ao Presidente Moçambicano se no seu tempo de luta armada também “trepava às árvores”? (A estória no Kilumba).

COMBATE À ALHEAÇÃO (4)

.


Fotografia de Raun Torben.

O Bota Acima escreve, e eu gostava de esclarecer. Uma vez ter sido o elemento desta tripulação a começar com esta série de posts sinto-me na obrigação de esclarecer o seguinte:

De alguma forma considero esta série de posts uma forma de prevenção/combate à pedofilia, julgo que desde o principio que esta senda refere-se exclusivamente ao tempo excessivo que os média perdem com os detalhes supérfluos do caso.

Quanto ao post do João Tunes devo dizer que concordo plenamente com o seu conteúdo. A provar-se a acusação de Carlos Cruz, este é o exemplo que corrobora a tese do João.

Dos blogues que tocaram neste assunto – “Bloguitica”, “Tugir em Português”, “Nelsu, uma Preta!”, “Aviz”, “Bota Acima” - partiu um mal entendido mas, ainda não percebi de qual.

FIM DA ÉPOCA 2003/2004

.
FC Porto campeão nacional, Benfica segura o 2º lugar, e Sporting em 3º.
Classificação histórica para o Nacional da Madeira (4º), e descem, Alverca, Paços de Ferreira, e Estrela da Amadora. A classificação.

TCHETCHÉNIA

.
«A bomba explodiu por baixo da tribuna onde Kadyrov celebrava o 59º aniversário da vitória das forças armadas da União Soviética sobre as forças fascistas de Hitler na Grande Guerra Patriótica.
Há relatórios de grande número de feridos porém ainda estão a ser verificados os pormenores deste ultraje. Um dos feridos é General Valery Baranov, Chefe do Comando do Exército no Cáucaso Norte
Kadyrov, 52, foi eleito no ano passado. Presidente Vladimir Putin acaba de confirmar a morte de Kadyrov.»
(Pravda.Ru)

História

1859 - A Tchetchénia, predominantemente muçulmana, é integrada no Império da Rússia.
1944 - Staline acusa os tchetchenos de ajudarem os alemães e deporta para a Ásia Central milhares de pessoas que acabaram por morrer.
1957 - Khruschev autoriza os deportados a regressarem a casa.
1991 - Com o fim da URSS a Tchetchénia declara a independência sob a liderança de Dudaiev, antigo general da força aérea soviética.
1994 - Boris Ieltsin ordena às forças militares da Rússia a invasão da Tchetchénia.
1995 - Os militares russos conseguem controlar Grozny. Há muitas baixas (e atrocidades) entre as duas partes do conflito.
1996 - Ofensiva dos rebeldes tchetchenos obriga a Rússia a negociações. A Tchetchénia faz parte da Federação Russa e com grande autonomia.
1997 - Um antigo oficial russo, Aslan Maskhadov é eleito presidente da Tchetchénia num ambiente de atentados e sequestros.
1999 - Guerrilheiros tchetchenos invadem a República do Daguestão e promovem uma guerrilha islâmica.
1999 - Cerca de 300 pessoas são mortas em várias cidades da Rússia na sequência de acções realizadas por radicais tchetchenos.
1999 - Vladimir Putin ordena nova ofensiva militar contra a Tchetchénia como resposta aos actos terroristas.
1999/2004 – Neste priodo sucedem-se uma série de atentados dos quais salienta-se o de 2002 em que guerrilheiros tchetchenos sequestraram durante 72 horas mais 800 pessoas num teatro de Moscovo. Todos os guerrilheiros foram abatidos na operação de resgate e morreram mais de uma centena de reféns.(TSF)

A LUZ TÉNUE AMERICANA

.
FNV do Mar Salgado escreve que onde há Americanos há a luz para a verdade, e chuta os Sargentos Rambos para canto lembrando, Moscovo, Praga e Tirana de outros tempos, ou a Havana dos tempos de hoje. Não se perde nada em o lembrar que para se ter estes actos como consumados, as provas tiveram que ser irrefutáveis, mas para o lado de lá basta um eco.

Esta luz não se terá dissipado por um laivo de sorte/azar – dependendo da perspectiva.

A CHAVE

.
«A key question which remains unresolved after the furore over the photos of alleged Iraqi prisoner abuse is to what extent the breaking of prisoner morale is still part of American policy.

The man brought in to run the Abu Ghraib prison is Maj Gen Geoffrey Miller, the man who ran the US detention facility at Guantanamo Bay, Cuba.(…)

(…)The man brought in to run the Abu Ghraib prison is Maj Gen Geoffrey Miller, the man who ran the US detention facility at Guantanamo Bay, Cuba.(…)

(...)"MG Miller's team focused on three areas: Intelligence integration, synchronisation, and fusion; interrogation operations; and detention operations.(...)

(…)The words "integration", "synchronisation", "fusion" and the phrase "enabler for interrogation" must mean the process by which the detention officers prepare the prisoners for questioning by subjecting them to demoralising techniques.»
(BBC)

Depois da histeria em torno das fotografias encontradas na prisão de Abu Ghraib procuram-se encontrar bodes expiatórios para o caso. Por mais que as autoridades Norte-Americanas favoreçam esta situação tudo indicia para que estes actos não sejam esporádicos, e esta é a questão nuclear.

sábado, maio 08, 2004

ELVIS COSTELLO - AO VIVO NO COLISEU HÁ UMAS HORAS ATRÁS

.


Só uma breve nota em relação ao concerto de Elvis Costello do qual acabei de chegar. Foram cerca de duas horas de verdadeiro recital que este "peso pesado" da música popular do último quartel do século XX ofereceu ás cerca de mil pessoas que foram ao Coliseu. Acompanhado apenas pelo Prof. Steve Nieve no piano e teclas, Declan McManus interpretou temas do seu vastíssimo repertório com particular incidência nas baladas jazzísticas de "North" o seu vigésimo album de originais. Quer apenas a cantar quer a tocar guitarra acústica e/ou eléctrica ou, no final, piano, Costello provou que os anos passam mas quem sabe nunca esquece e que não foi preciso recorrer ao "She" para ter a plateia na mão. Destaco temas como " This House Is Empty Now ", " Veronica ", "Watching The Detectives" e o sublime "I Want You". Logo repete-se no Coliseu de Lisboa. Imperdível !

sexta-feira, maio 07, 2004

QUEIMA 2004

.


Adeus vida atinada
Dos horários e das bichas
E das gripes do inverno
E do suor do verão
Adeus às práias
Cheias de gente
E um beijo p`ra quem fica

Adeus vida atinada
Ter de dormir sete horas por dia
Ir para o trabalho e ainda é de noite
Sempre o mesmo a todas as horas
Adeus vida atinada
Das mil maneiras de passar fome
Adeus às práias
Cheias de gente
E um beijo p`ra quem fica

Mudar de roupa, saldar o cabelo
Dormir no carro, todo nu em pelo
Dizer que hoje o dia está perfeito
Pôr óculos de sol a torto e a direito
Pois hoje vou pegar na guitarra
É hoje que eu me faço à estrada
Olá ó vida malvada

Escorrega e desliza
Nessa estrada de vento
Sempre, sempre, sempre

Adeus às práias
Cheias de gente
E um beijo p`ra quem fica

quinta-feira, maio 06, 2004

COMBATE À ALHEAÇÃO (3)

.


Mais um episódio da senda.

A MELGA

.
Na sequência do incómodo que o 25 de Abril provoca ao Paulinho das Feiras, que inclusive o pôs a mascar pastilha elástica, o velhote aprontou-se a desculpá-lo com este vídeo. O velhote diz que o mascar foi das melgas.
Coloquem o cursor do nariz do rapaz mas, não o tirem de lá. Isso bem na pontinha do nariz.

AGARRA-A SENÃO FOGE

.


A retoma espreita com muito medo, mas quando se depara com este cenário apressa-se a dar ao “slide”. (Aqui no nosso distrito).

TENHA COMPAIXÃO DE NOSSA SENHORA

.
São estezzzz ozzzz amigozzzz de noszzzaa ssszzenhora. Podem ver aqui ou aqui.

MICHAEL MOORE CENSURADO

.
Quem conhece Jeb Bush? Por afinidade é fácil de depreender que pertença à família de G. W. Bush mas, também é governador da Florida, e também é muito sensível a extravios, e "prontos"...
Extravio foi o que a Disney – proprietária da Miramax – considerou do último trabalho de Moore "Fahrenheit 911."

Michael Moore na primeira pessoa: «Yesterday I was told that Disney, the studio that owns Miramax, has officially decided to prohibit our producer, Miramax, from distributing my new film, "Fahrenheit 911." The reason? According to today's (May 5) New York Times, it might "endanger" millions of dollars of tax breaks Disney receives from the state of Florida because the film will "anger" the Governor of Florida, Jeb Bush. The story is on page one of the Times and you can read it here (Disney Forbidding Distribution of Film That Criticizes Bush).(...)»

«(...) There is much more to tell, but right now I am in the lab working on the print to take to the Cannes Film Festival next week (we have been chosen as one of the 18 films in competition). I will tell you this: Some people may be afraid of this movie because of what it will show. But there's nothing they can do about it now because it's done, it's awesome, and if I have anything to say about it, you'll see it this summer -- because, after all, it is a free country.»

DESLIGUEM POR FAVOR

.
Barnabés...uuuhhhh...turn it off, please!

PORRA PÁ!

.
Merda, foi ontem!!! Oh merda, escrevi merda!!!

COMBATE À ALHEAÇÃO (2)

.
Solidário com Paulo Gorjão e LNT do Tugir em português.



Ando a pilhar o XC mas, nem sempre gravo o nome dos autores das fotografias. XC quem é o autor da imagem do post actual ... qualquer coisa Portret, é possível? Ou "portret" será "portrait" em "franciu"? E quem é o autor da imagem deste post?

JAIME EDUARDO da COOK e ALVEGA

.
Caro LNT, quero agradecer a atenção que “me” despendeu. Um post dedicado à “minha” pessoa logo no meu momento de estreia … eh, pá! É de deixar qualquer um vaidoso. Linx, Sabão, e Xunca o que é que se tem feito por aqui? Eh!EhEh! Estou a brincar, ahn?

LNT, parabéns por ter conseguido a imagem da capa de um dos números das edições “o Falcão”, porque tentei encontrar na WEB uma imagem do herói para a minha estreia mas não consegui.
Embora eu não seja o próprio Major Alvega, a referência é exactamente essa. Também se trata do «meu herói de infância, piloto-aviador luso-britânico da RAF, de nome completo Jaime Eduardo da Cook e Alvega».

Quanto aos pontos sérios:

1. Embora não seja umas das minhas actuais prioridades espero ler algo mais sobre algumas individualidades - reais - edificantes como, Amílcar Cabral, Jack London, ou porque não, o nosso Pêro da Covilhã.

2. Quanto à solidariedade com o Paulo Gorjão mantenho-a e reforço-a com post seguinte: COMBATE À ALHEAÇÃO (2).

Repito o meu agradecimento pela informação prestada, também com um abraço, Alvega.

MÚM - AO VIVO NO SÁ DA BANDEIRA HÁ UMAS HORAS ATRÁS

.


Este trio acabou de dar o seu primeiro espectáculo ao vivo no nosso país depois do lançamento do novíssimo " Summer Make Good ", disco que pouco ou nada acrescenta ao que já nos tinham habituado em registos anteriores.
A música dos Múm primeiro estranha-se depois entranha-se e foi assim que começou esta noite mais uma actuação deste trio islandês que em palco se transforma em sexteto já que são acompanhados por três músicos convidados, dos quais se destaca Samuli Kosminen, um grande percussionista finlandês e que esteve entre nós á pouco tempo atrás, acompanhando Kimmo Pohjonen num espectáculo em Aveiro.
Com especial destaque dado aos temas do novo disco, os Múm não esquecem porém o disco anterior, porventura o seu melhor ou seguramente o que mais exito obteve até a julgar pelas reacções das escassas centenas de pessoas presentes aos temas mais conhecidos.
Os sons emanam de uma forma fluída dos violinos, acordeão, teclados, trompete, xilofone, baixo, guitarras, serrote, percussão e a voz terna e quente de Kristin enchem a sala e fazem-nos viajar por terras entre sistemas solares.
Os Múm deliciaram-nos com cerca de hora e meia de melopeias suaves que nos tocaram a todos e conquistaram-nos pela sua simplicidade e simpatia, patentes nos dois regressos ao palco e pela forma emocionada como se despediram, dedicando a actuação alguém que tinha falecido (não conseguí entender quem!).
Só uma palavra de apreço para o simpático que abriu, Mugison de seu nome que para quem veio do frio teve uma actuação bem "quente" e até leu poesia em português !

quarta-feira, maio 05, 2004

OUVI DIZER... OU ESCLARECIMENTO SOBRE A PRODUTIVIDADE EM PORTUGAL !

.
Estava eu descontraidamente a beber um copo com uns amigos quando me contam a seguinte estória:

“ Fui fiscalizar uma empresa de calçado no norte do distrito e apanhei várias facturas em que a quantidade facturada era metade da realmente vendida. Informei o prevaricador que o iria multar.
O mesmo respondeu, ok senhor fiscal, se assim for, é melhor que multe todas as empresas que como a minha vendem esta mercadoria para os nuestros hermanos. É que eles agora só compram assim – metade por dentro e metade por fora.”

Pensei com os meus botões :

Que bonito, será que é por isto que aqueles senhores muito inteligentes, que falam na televisão, dizem que a produtividade do nosso país

É METADE DA DO RESTO DA UNIÃO EUROPEIA ????????????

MOMENTO LEVANTA-TE E RI!!!

.
Porque é que o jogo entre o Vitória De Guimarães e o Sporting não vai ter público a assistir?????
Para que ninguém possa ver mais uma derrota do Sporting esta época!!

E DEPOIS…

.
Vasco Rato chama «Louça, o pinóquio do PSR I», e depois «Louça, o pinóquio do PSR II», e depois «Os barnabés deste mundo», e depois «Os barnabés deste mundo II, III, e IV», e acaba com «O porta-voz do Pinóquio»,...e depois demonstra uma clara tendência homofóbica. Transcrevo «Daniel, já quanto à sua obsessão de me ver a “tirar a roupinha”, é que não me parece nada saudável.» Nah, assim não está a começar nada bem.

+ 1 REFORÇO

.
Vasco Rato é o último reforço d’O Acidental, e para chamar a atenção zááááááás… num ápice ataca os Barnabés, mas a praxe é logo exigida. Ora bem, para já vai uma sessão de streap-tease. Mas afinal de quem foi a ideia? Não foi do caloiro?

MARADONA

.
Este rapaz não tem mesmo juízo nenhum, e tem cá uns amigos!! E tu maradona, não te sentes desapontado?

AMILCAR CABRAL

.
Gostava de perguntar ao LNT do Tugir se "Quem mandou matar Amílcar Cabral?" é um livro que debruça-se apenas sobre a morte de Amílcar Cabral, ou uma biografia completa do mesmo? Que fontes de informação pode-me dar sobre Amílcar Cabral? Gostava de conhecer melhor este revolucionário Africano.

COMBATE À ALHEAÇÃO

.


A Bloguítica, e de imediato o Tugir, tomaram medidas corrosivas para desviar a nossa atenção dos mass-media, os quais nos impingem o caso "Casa-Pia" até ao tutano.
Estou de acordo com esta campanha e acho premente aplica-la já: momento em que «Carlos Cruz deixou o Estabelecimento Prisional de Lisboa» e que «viu a sua medida de coacção alterada pelo Tribunal da Relação de Lisboa, passando a ficar obrigado a “permanência na habitação”» (TSF). Derivado ao chinfrim gerado em torno deste facto, adiro agora mesmo a esta campanha, mostrando os componentes da mesma:

Os componentes da Bloguítica (aqui, e aqui).

O componente do Tugir (aqui).

E os meus componentes são, a fotografia de cima, e esta ligação!!

terça-feira, maio 04, 2004

POIS CÁ ESTOU

.
Depois de fazer algum trabalho de consultoria para este blogue, os utilizadores do mesmo induziram-me a escrever no Nelsu. Os seus métodos de persuasão são demolidores. A C...tra Preta é irresistível, e na fase de transição do profundo estado de alcoolémia para o profundo estado de inconsciência colocaram-me uma caneta nas mãos e tracei um vínculo para a vida, forte não?
Depois de bastantes voos por essa blogosfera fora, penso que não haverá dificuldade de maior para a plena adaptação.

F.C. PORTO NA FINAL DA CHAMPIONS LEAGUE

.
Acabo de saber que o F.C. Porto chegou à final da Champions League pela segunda vez, e que José Mourinho finalmente teve um ataque de bom senso e pediu unidade nacional em torno do F.C. do Porto mas,... «Sr. José Mourinho, não conte comigo» digo.

Para registo, o resultado foi:

Deportivo da Corunha 0 – 1 F.C. Porto

O Porto passa depois de ceder um empate a zero no Estádio do Dragão.

MAIS UM P'Ó NELSU

.
Nelsu vai ser reforçado com mais um elemento: Major Alvega.

FUTE.LOMO

.
De 17 de Abril a 30 de Maio



Até ao final do mês de Maio, estarão presentes no Porto, mais concretamente no edifício Artes em Partes, no Rivoli Teatro Municipal e na Fnac do NorteShopping, várias propostas fotográficas relacionadas com o tema futebol.

A iniciativa, da Embaixada Lomográfica do Porto, pretende estabelecer uma relação entre este desporto e a cultura, utilizando para isso as máquinas de culto “Lomo”.

Das mais distintas áreas, como Cinema, Fotografia ou Artes Plásticas, são os participantes deste projecto, convidados a abordar um tema no qual se sentem pouco à vontade, cumprindo uma condição: utilizar a Lomografia.

Visitem também este Blog e este e este site!


Participantes no projecto:
João Carrilho (realizador), António Ferreira (realizador), Cesário Alves (fotógrafo), André Cepeda (fotógrafo), Edgar Pêra (realizador), Rui Pinheiro (fotógrafo), Paulo Catrica (fotógrafo), Olga Roriz (coreógrafa), Cláudia Tomaz (realizadora), Jaime Garcia (arquitecto), Miguel Sales Lopes (fotógrafo), Pedro Tudela (artista transdisciplinar), Renata Sancho (artista-cineasta), Catarina Crespo (fotógrafa), Luís Pedro (fotógrafo), Maria Gambina (estilista), Isabel Monteiro (Artista Plástica).

Organização do projecto:
Embaixada Lomográfica do Porto
Apartado 214
4481-911 Vila do Conde - Portugal
tel: 96 948 2434 info@lomoporto.com
http://www.lomoporto.com

Edifício Artes em Partes
Rua Miguel Bombarda, 457
4050-379 Porto

WEBLOGS OU BLOGS, APRESENTO A BLOGOSFERA (5.4.4.) – CATEGORIAS DE BLOGS

.
Porque os fotoblogues começam a ocupar cada vez mais a minha atenção, vou criar um grupo com esta categoria de blogues, que vai acabar por se esticar para alguns sítios sobre fotografia que consideremos merecedores da nossa e da atenção dos nossos fregueses.



Ver a fotografia no seu explendor no fotoblogue overshadowed.

Quanto a esta epopeia hoje vou transcrever mais um pedaço do "Weblogs – Diário de Bordo", que toca numa vertente dos fotoblogues: os moblogues. Este género de blogues estão no quadro dos fotoblogues, apenas têm a particularidade do seu produto resultar de câmaras incorporadas nos telemóveis. «Nestes casos, a questão da privacidade tem sido profundamente debatida, dado que, frequentemente, os fotografados não têm conhecimento que a sua imagem está disponível na Internet.»

segunda-feira, maio 03, 2004

BLOODY SUNDAY

.
Como se já não bastasse a depressão pré-laboral Domingueira ainda fui presenteado com a derrota leonina frente ao eterno rival. Mais um domingo como este e não sei se me aguento. Resultado das apostas: Para ti um jantar, e para ti 5€. O Calendário Chinês tem Domingos? Estou a pensar mudar-me…

domingo, maio 02, 2004

1º DE MAIO – MAY DAY – NO MUNDO

.
O 1º de Maio – May Day - no Mundo:



Em Andorra fez-se história: « History was made in the tiny Pyrenean principality of Andorra, squeezed between France and Spain, when for the first time a major demonstration denounced the minute state as "a fiscal paradise, but a social hell."»

Na ex-República Socialista Soviética - a Rússia - bandeira vermelhas ondularam ao vento como forma de protesto e de lembrar história: «In Russia, communists recalled Soviet-era slogans with a dose of nostalgia. Several thousand of them marched in Moscow to call for an end to the country's widespread privatisation, with banners proclaiming "Bring back the Soviet Union and friendship between peoples" and "Selling off the land is a betrayal of the fatherland". Other Russians protested against the war in Chechnya.» (Channel NewsAsia)

Em Lisboa «milhares de pessoas saíram de suas casas e foram à festa da CGTP na Alameda da Universidade.» (Grão de Areia)

DERBY ACABOU BEM

.
Destaque-se que hoje no Estádio Alvalade XXI o Sporting jogou melhor, mas na baliza estava um puto que se chama Moreira, e Geovanni "amandou" um petardo certeiro na hora certa, não foi Sabão e ÓlhoÓrebÓque? O segundo lugar não está garantido mas esta hora é nossa, não é Xunca?

Mais uma palavra dirigida ao Moreira: Se dirigentes, massa associativa, e adeptos do F.C. Porto pressionam Scolari para enfiar o Baía na baliza da selecção nacional, está na hora do grupo benfiquista fazer o mesmo por ti. Eu começo já por aqui.

Última palavra para a segurança: por mais que a Porta-Voz da PSP nos atire areia para os olhos com a segunda linha da PSP, o facto é que elementos da Juve-Leo (bichos com certeza) entraram nas quatro linhas de jogo, sem qualquer motivo, e mesmo que tivessem motivos isso é intolerável. And the stewards were ineffective, weren´t they? Os stewards são mais uma forma de ... eehhh ... business ... eeehhh ... isso ... isso ... negócio, o qual ainda não mostrou ... eehhh ... added value ... eeehhhhh ... isso ... isso ... valor acrescentado.

Para registo fica o resultado: Sporting 0-1 Benfica.

2 EM 1, TUDO P’Ó MESMO SACO

.
Karen Hughes foi directora de comunicação de George W. Bush durante a sua campanha eleitoral em 2000, e decorridos alguns meses da vitória da W decidiu voltar ao Texas mas, «Agora que uma nova campanha presidencial está a atingir velocidade de cruzeiro, Hughes voltou ao "staff" de Bush.». Entrevistada pela CNN, é questionada «sobre a manifestação e sobre o efeito que o aborto poderá ter na campanha eleitoral, Hughes teve uma resposta extraordinária. Eis a transcrição das suas palavras:
"Bem... Acho que depois do 11 de Setembro, o povo americano está a dar mais valor à vida e a compreender que precisamos de políticas que valorizem a dignidade e o valor de cada vida. Sobretudo numa altura em que (...) a maior diferença entre nós e as redes terroristas é que nós damos valor a cada vida."»
(Público)
Bem...enfiou terrorismo e aborto no mesmo saco, já agora também podia colocar isto, não?

VIOLÊNCIA NO IRAQUE

.
O poste de ontem identificou os métodos hediondos aplicados pelo exército Inglês e Norte-Americano. Também é importante constatar que não são actos isolados: «Alegadamente as fotografias foram enviadas ao jornal por um soldado britânico que terá assistido à sessão. O mesmo soldado afirmou ao jornal que tais comportamentos eram frequentes por todo o Iraque.
Um outro soldado, também em declarações ao "Daily Mirror", descreve uma cena de violência que terá ocorrido em Setembro passado. Apesar de discordar dos abusos ele explica que "se os entregarmos à polícia eles serão libertados passado umas horas... Nós só lhes damos uma lição".»


Nas hostes Americanas e Britânicas o embaraço é generalizado, e as justificações não são convincentes:

«Rosemary Hollis, analista para assuntos do Iraque do Royal Institute of International Affairs, que acredita tratar-se de um caso isolado. "Ao contrário dos norte-americanos, os soldados britânicos - que são muito menos em número e não têm os mesmos meios técnicos - vêem-se obrigados a ter uma atitude mais amigável com os iraquianos. Além disso, as forças britânicas são conhecidas como cumpridoras da convenção de Geneva", explicou.»

« Tony Blair foi, aliás, mais rápido do que George W. Bush na reacção às imagens apresentadas pela CBS. Para a Rosemary Hollis, tal facto mostra que "a postura britânica é diferente da norte-americana".»

Estamos fartos de tangas porque «O uso da violência em prisões militares americanas tem vindo a ser exposto e debatido desde a criação da prisão de Guantanamo Bay, enquanto que no Iraque, os relatos de maus tratamentos e violência por parte de soldados têm-se vindo a multiplicar?» (Público)

sábado, maio 01, 2004

1º DE MAIO

.


«O Dia do Trabalhador foi pela primeira vez assinalado, em múltiplos países em simultâneo, inclusive em Portugal, no 1º de Maio de 1890.
Cumprindo prontamente a orientação que havia emanado dos dois Congressos Operários de Paris, realizados no ano anterior, o operariado português também saiu às ruas nesse dia, reclamando a redução da jornada de trabalho. A iniciativa foi conduzida pela Associação dos Trabalhadores da Região Portuguesa.
A partir dessa data, o 1º Maio nunca mais deixou de ser comemorado como dia da solidariedade internacional de todos os trabalhadores.»




Estes são excertos de um excelente texto de Ulisses Garrido, o qual percorre o tempo desde a primeira celebração do 1 de Maio até aos dias de hoje.

«São as conquistas que a Revolução de Abril permitiu que a Direita, hoje regressada ao poder, está empenhada em anular ou, pelo menos, diminuir, num recuo ao 24 de Abril. Pior: aos tempos do liberalismo mais selvagem, esse mesmo que mandou executar os “Mártires de Chicago”.
A política do Governo PSD/PP é, na prática, a negação de Abril e dos valores que afirmou. Nega o pão e o trabalho a cada vez mais trabalhadores. Compromete o desenvolvimento do país, reduz os salários e alimenta o parasitismo patronal. Nega o direito à igualdade e à justiça social. Atenta contra o direito à segurança social e promove a caridadezinha. Atenta contra a contratação colectiva, os direitos individuais e colectivos dos trabalhadores, incluindo o direito de livre organização sindical, através do Código do Trabalho e sua regulamentação. Está apostado em destruir o Serviço Nacional de Saúde, para beneficiar os negócios privados. Põe em causa do direito à paz e à segurança dos portugueses, ao enfileirar com o belicismo de Bush e companhia.»
(Fonte – Grão de Areia, Imagem - Les Constructeurs, F. Léger 1950, Fotografia - 1º de Maio 1974)

Como tem sido na América? (The Daily Star)

NO PAÍS DO TREVO

.
A Irlanda país que preside a UE, descentralizou as boas vindas aos 10 novos países que aderiram à mesma.

HIGHLIGHTS OF THE DAY OF WELCOMES PROGRAMME AROUND IRELAND

WATERFORD - welcoming Malta

KILKENNY - welcoming Lithuania

SLIGO - welcoming Hungary

LIMERICK - welcoming Slovenia

LETTERKENNY - welcoming Poland

BRAY - welcoming Cyprus

DROGHEDA - welcoming Latvia

GALWAY - welcoming Estonia

KILLARNEY - welcoming the Czech Republic

CORK - welcoming Slovakia

+ 1 X UM CASO DE INCOMPETÊNCIA

.
Todos sabemos que estas práticas foram muitas vezes usadas para a conduzir o inimigo à derrota, a amnistia internacional diz que são métodos frequntemente praticados pelas tropas da coligação, mas o “zeca” não sabia de nada, ficou atónito: «I share a deep disgust that those prisoners were treated the way they were treated» Bush said. «Their treatment does not reflect the nature of the American people. That's not the way we do things in America.» Pois!

O nojo (imagens).